3.11.14

Crônica diária

Bullying

Coisa boa ter irmãos vivos e todos na casa dos sessenta e muitos. Todos não, a Estela é muito mais nova. Chamavam de temporona. Eu já era adulto quando ela nasceu. E por essa razão brincávamos, eu e meus dois irmãos, que ela havia sido adotada. Esta semana me cobrou esse bullying. Naquele tempo essa palavra não existia. Me escreveu para dizer que, a prova provada, de que não era adotada, era o fato de ser igualzinha a mim no conservadorismo. Tem imensa dificuldade de se desfazer das coisas. Tem o mesmo número de celular e o mesmo e-mail a vida toda. Respondi, mais uma vez brincando, e ela até hoje leva a sério, que esse fato não quer dizer nada. As pessoas adotadas acabam adquirindo a aparência e manias das famílias que os adotam, haja visto cara de cachorro. Adoro minha irmã caçula. Mas hoje é comemorado o aniversário do Paulo nosso outro irmão, que faz sessenta e nove anos. Comemorado porque nasceu ontem, dia dois de novembro, e como é dia dos mortos, nossa mãe sempre comemorou um dia depois. Mas para sacaneá-lo invariavelmente ligo no dia dois e o cumprimento. Ele todo ano agradece e me corrige dizendo "É amanhã!". Ontem não liguei. Ele vai até estranhar. Mas agora fazer isso, segundo a Estela, é bullying. ( BULLYING atos de violência física ou psicológica, intencionais e repetidos).

Um comentário:

João Menéres disse...

Tenho uma prima que nasceu a 2, mas a Mãe registou-a a 9 !

AS POSTAGENS ANTERIORES ESTÃO NO ARQUIVO AÍ NO LADINHO >>>>>

.

Only select images that you have confirmed that you have the license to use.

Falaram do Varal:

"...o Varal de Ideias é uma referência de como um blog deve ser ." Agnnes

(Caminhos e Atalhos, no mundo dos blogs)

..."parabéns pelo teu exemplo de como realmente se faz um blog...ou melhor tantos e sempre outstandings...".
(Vi Leardi )

Leiam também:

Leiam também:
Click na imagem para conhecer

varal no twitter

Não vá perder sua hora....

Blog não é tudo, tudo é a falta do blog ....
( Peri S.C. adaptando uma frase do Millôr )
" BLOG É A MAIOR DAS VERTIGENS DA SUBJETIVIDADE " - Maria Elisa Guimarães, MEG ( Sub-rosa )