19.11.14

Crônica diária

O bacalhau do mercadão
Foto: José Cordeiro/ SPTuris.

O  Walter De Queiroz Guerreiro ao comentar sobre um título de crônica dias atrás me sugeriu este: "O  bacalhau do Mercadão". Falávamos de indulgência intelectual, e de colocar ou não azeitonas no pastel da Martha Suplicy.  Humor inteligente é isso. As pessoas captam nas entrelinhas, no não dito ou escrito, o espírito da coisa. Mas o Mercadão, como é conhecido o Mercado  Municipal de São Paulo, na rua Cantareira, no centro,  é uma das boas referências culturais e gastronômicas da cidade. Além de sua arquitetura,  idealizado por Francisco de Paula Ramos de Azevedo, responsável também pelo Teatro Municipal e pela Pinacoteca, o prédio chama a atenção não só de turistas, mas também de profissionais e estudantes da área. Seus famosos vitrais foram importados da Alemanha, e versam sobre a agricultura e a  agropecuária. São quase 300 barracas com produtos variados e entre eles ótimos bacalhaus importados. Sem cabeça como manda a lenda. Mas tem também um sanduíche de mortadela que é famoso. Vale a pena experimentar.

2 comentários:

Jorge Pinheiro disse...

O bacalhau tem cabeça, tronco e membros. A mortadela é que não.

Li Ferreira Nhan disse...

Ah, o odor… A mortadela tem um cheiro forte!
Isso me incomoda muito.

AS POSTAGENS ANTERIORES ESTÃO NO ARQUIVO AÍ NO LADINHO >>>>>

.

Only select images that you have confirmed that you have the license to use.

Falaram do Varal:

"...o Varal de Ideias é uma referência de como um blog deve ser ." Agnnes

(Caminhos e Atalhos, no mundo dos blogs)

..."parabéns pelo teu exemplo de como realmente se faz um blog...ou melhor tantos e sempre outstandings...".
(Vi Leardi )

Leiam também:

Leiam também:
Click na imagem para conhecer

varal no twitter

Não vá perder sua hora....

Blog não é tudo, tudo é a falta do blog ....
( Peri S.C. adaptando uma frase do Millôr )
" BLOG É A MAIOR DAS VERTIGENS DA SUBJETIVIDADE " - Maria Elisa Guimarães, MEG ( Sub-rosa )