3.9.14

Crônica diária



 Vagamente igual a qualquer coisa

Foi com essas palavras que o nosso amigo Jorge Pinheiro, que é músico e pai de músicos, que tocam numa banda em Lisboa, definiu o estilo musical do Supla, filho do Eduardo e Martha Suplicy, políticos do PT. "Vagamente igual a qualquer coisa". Uma definição precisa. Bem humorada como é a figura que representa o cantor. Viajamos juntos de Floripa para São Paulo. Sentou à minha frente. Pude observar em detalhes os fios espetados do cabelo descoloridos, com suas raízes pretas, e fotografei. Ele e o companheiro sentaram-se lado a lado, não trocaram palavras e dormiram o voo todo. No ônibus, a caminho da sala de desembarque, bocejou muitas vezes. Acostumado a chamar atenção, posou e deu autógrafos sempre que solicitado. Fazia cara de enfado mas notava-se que estava feliz por ser abordado. Pudera, com toda aquela roupa colorida, próprias para palco, botina desabotoada, dezena de colares no pescoço, não chamasse atenção, só se todos no aeroporto fossem cegos ou de Marte. Com um estilo "vagamente igual a qualquer coisa" a figura do Supla é no mínimo notável. E para completar esta crônica, vou contar uma passagem da festa de casamento do meu filho: meu amigo Aloísio de Almeida Prado, depois do segundo whisky, chegou para o Supla e disse:" Como você é parecido com o Supla!" "Mas eu sou o Supla" respondeu simpaticamente. E era. É amigo da minha nora. Todos em volta morreram de rir da gafe do Aloísio. Ao embarcarmos em Floripa o Aloísio, por mero acaso, também estava no aeroporto, e relembrei o fato. Ele nega que não tenha reconhecido, e diz ter feito a "confusão" propositadamente. Isto é, sabendo tratar-se do Supla, duvidou que pudesse estar presente ao casamento da Adriana. Seja lá como for, a figura é inconfundível. A música, "vagamente igual a qualquer coisa".

2 comentários:

Jorge Pinheiro disse...

Por aqui também há esse estilo, embora não tenha tanta saída.

JG disse...

Fui ao You Tube e ouvi apenas uma das músicas. Realmente é "vagamente igual a qualquer coisa". Talvez por isso o seu nome não tenha chegado para além das fronteiras do Brasil, o grande exportador de talentos.

AS POSTAGENS ANTERIORES ESTÃO NO ARQUIVO AÍ NO LADINHO >>>>>

.

Only select images that you have confirmed that you have the license to use.

Falaram do Varal:

"...o Varal de Ideias é uma referência de como um blog deve ser ." Agnnes

(Caminhos e Atalhos, no mundo dos blogs)

..."parabéns pelo teu exemplo de como realmente se faz um blog...ou melhor tantos e sempre outstandings...".
(Vi Leardi )

Leiam também:

Leiam também:
Click na imagem para conhecer

varal no twitter

Não vá perder sua hora....

Blog não é tudo, tudo é a falta do blog ....
( Peri S.C. adaptando uma frase do Millôr )
" BLOG É A MAIOR DAS VERTIGENS DA SUBJETIVIDADE " - Maria Elisa Guimarães, MEG ( Sub-rosa )