15.9.14

Crônica diária



"O pintassilgo" e Vladimir Nabokov

Como fiquei devendo um comentário final, conclusivo para o meu leitor Fernando Cals, volto ao livro "O Pintassilgo" que, por incrível que possa parecer, acabei de ler. E fui até o final. A duras penas, é verdade. Mas meu médico me receitou fisioterapia para manter (uma vez que na minha idade ganhar é muito difícil) massa muscular. Estou, sem dúvida, com os  bicips mais firmes. Quando ao texto ficou aquela impressão de filminho de TV. Distrai mas não acrescenta nada. No meu caso tomou meu precioso tempo em vão. Com tanta coisa importante para ler, perdendo meu tempo com leitura feminina. Por que feminina? Porque o Cassio Penteado disse que sua mulher estava lendo. A Cris Rolim ia começar a leitura. Milena Galvão a mesma coisa.  Best-sellers, em geral, é leitura para mulher. A Guaracy Mirgalowska me sugeriu Outlander da Diana Gabaldon. Na mesma linha de aventura e mistério. Mas já comecei a ler "Contos Reunidos" do Vladimir Nabokov com 100 páginas a mais do que o tijolaço da Donna Tartt. Em fisioterapia devesse sempre ir aumentando a carga. Não há nenhuma comparação entre Donna e Nabokov, a não ser a nacionalidade dos personagens do "O Pintassilgo" e a do autor de "Lolita", a que já me referi em crônicas passadas. E para concluir minha minha tímida e desanimada resenha do romance de Donna Tartt, endosso as palavras do meu leitor e amigo Jacinto Gomes "Também fui levado pelo prestígio do premio, pela exposição maciça do livro e da capa atraente. Uma desilusão. A obra começa por uma história interessante que gradualmente se vai tornando num exagero de detalhes narrativos que a torna entediante. O romance poderia ser 200 ou 300 páginas, mais curto, e só ganharia com isso. Já o arrumei na prateleira dos livros não lidos, e o eu que queria mesmo, era o meu dinheiro de volta." A única diferença é que li de cabo a rabo. Mania minha. Nunca saí do cinema no meio de um filme, por pior que fosse. Nunca deixei um livro no meio, às vezes por raiva. Fico sempre na esperança de que a "coisa" vai melhorar.

Nenhum comentário:

AS POSTAGENS ANTERIORES ESTÃO NO ARQUIVO AÍ NO LADINHO >>>>>

.

Only select images that you have confirmed that you have the license to use.

Falaram do Varal:

"...o Varal de Ideias é uma referência de como um blog deve ser ." Agnnes

(Caminhos e Atalhos, no mundo dos blogs)

..."parabéns pelo teu exemplo de como realmente se faz um blog...ou melhor tantos e sempre outstandings...".
(Vi Leardi )

Leiam também:

Leiam também:
Click na imagem para conhecer

varal no twitter

Não vá perder sua hora....

Blog não é tudo, tudo é a falta do blog ....
( Peri S.C. adaptando uma frase do Millôr )
" BLOG É A MAIOR DAS VERTIGENS DA SUBJETIVIDADE " - Maria Elisa Guimarães, MEG ( Sub-rosa )