16.8.14

Crônica diária

"À propos de rien"

Não sou um bom viajante de navio. Enjoou só de pensar. Fiz na vida umas três viagens com eles. Antigamente balançavam mais. Os mares continuam os mesmos. Mas os navios possuem estabilizadores que fizeram a diferença. Antes era só Dramin contra enjoou, e dava um sono danado. Hoje (e já faz alguns anos) há pulseirinhas vendidas a bordo que dizem diminuir o maléfico efeito dos mares revoltos. Mas a única recordação que guardo dessas fatídicas viagens foi a inusitada troca de colchões que assisti num dos portos que paramos para abastecimento. O nosso navio era grande, dessas companhias internacionais de turismo, e numa das escalas técnicas trocaram os colchões das centenas de cabines. Eram muitos caminhões com colchões novos sendo embarcados, e igual número de usados sendo levados para a frota de caminhões. E não eram velhos como costumamos chamar aqueles que temos em casa, há mais de dez anos, e insistimos em vira-los de bruços e achar que podem durar mais um pouco. Eram semi novos, em ótimo estado. Essa história  " à propos de rien"...me fez lembrar outra menos marítima mas igualmente inusitada. Fui trocar os quatros pneus carecas do meu carro, que nunca haviam sido substituídos pelo estepe. O vendedor estranhou eu estar trocando só os quatro carecas. Perguntei por que? E ele com toda a autoridade de um bom vendedor de pneus decretou: " O seu estepe, mesmo sem nenhum uso, esta com o prazo de validade vencido." Não acredito numa coisa dessa. Que extintor de incêndio tenha validade vá lá, mas pneu estepe? Mas só troquei os quatro. Muitos anos depois vendi o carro com um pneu no estepe com as farpas de borracha nova, sem uso, mas vencidas.

2 comentários:

Jorge Pinheiro disse...

Não sabia que se chamava "estepe", nem se entende porquê?!

João Menéres disse...

JORGE :
Como em termos geográfícos e botânicos está relacionado com uma superfície plana e sem grande vegetação, o termo utilizado no Brasil não é nada descabido.
Nós usamos o careca, não é ?

AS POSTAGENS ANTERIORES ESTÃO NO ARQUIVO AÍ NO LADINHO >>>>>

.

Only select images that you have confirmed that you have the license to use.

Falaram do Varal:

"...o Varal de Ideias é uma referência de como um blog deve ser ." Agnnes

(Caminhos e Atalhos, no mundo dos blogs)

..."parabéns pelo teu exemplo de como realmente se faz um blog...ou melhor tantos e sempre outstandings...".
(Vi Leardi )

Leiam também:

Leiam também:
Click na imagem para conhecer

varal no twitter

Não vá perder sua hora....

Blog não é tudo, tudo é a falta do blog ....
( Peri S.C. adaptando uma frase do Millôr )
" BLOG É A MAIOR DAS VERTIGENS DA SUBJETIVIDADE " - Maria Elisa Guimarães, MEG ( Sub-rosa )