10.7.14

Crônica diária



Crônica de lamê

As jovens de hoje não sabem o que era um vestido de lamê. Não eram só as putas, ou as cantoras de bolero que os vestiam. Teve época em que era chique vestir lamê. Mulher vestida com lamê era no mínimo notada. Para o bem ou para o mal. Como no caso das mulheres, uma crônica sempre é muito mais divertida, sensual, chego a arriscar: erótica, do que uma mulher ou crônica nua, despida, ou pelada. Nossa imaginação sempre é muito melhor do que a melhor das realidades. Crônicas e mulheres explicitas, diretas, vulgares não tem o charme das vestidas de lamê. Tirem suas conclusões. Quem não sabe o que é um vestido de lamê procure se informar. E quem não entendeu a comparação entre uma mulher e uma crônica, nem tente entender.

2 comentários:

João Menéres disse...

Tudo o que não se mostra, mas deixa adivinhar é muito melhor para nós.

Jacinto Gomes disse...

Quando era criança, a minha mãe levava-me ao cinema para lhe fazer companhia. O meu pai não gostava de cinema. Ficou-me na memória o filme Gilda, de 1946, mas que deve ter passado em Portugal em 1948 ou 1949, em que Rita Hayworth vestia um traje de lamé coleante. Ainda hoje, quando revejo esse filme me lembro da impressão marcante que aquela bela mulher me fez. Aquela bela mulher, o vestido de lamé colado ao corpo e a minha imaginação juvenil povoaram os meus sonhos ( e não só) durante algum tempo.

AS POSTAGENS ANTERIORES ESTÃO NO ARQUIVO AÍ NO LADINHO >>>>>

.

Only select images that you have confirmed that you have the license to use.

Falaram do Varal:

"...o Varal de Ideias é uma referência de como um blog deve ser ." Agnnes

(Caminhos e Atalhos, no mundo dos blogs)

..."parabéns pelo teu exemplo de como realmente se faz um blog...ou melhor tantos e sempre outstandings...".
(Vi Leardi )

Leiam também:

Leiam também:
Click na imagem para conhecer

varal no twitter

Não vá perder sua hora....

Blog não é tudo, tudo é a falta do blog ....
( Peri S.C. adaptando uma frase do Millôr )
" BLOG É A MAIOR DAS VERTIGENS DA SUBJETIVIDADE " - Maria Elisa Guimarães, MEG ( Sub-rosa )