31.10.13

david bsmith



www.davidbsmithgallery.com

Cerônioca diária

Cine Drive-in

Não sei exatamente porque há dias atrás me deu vontade de escrever sobre os antigos cine drive-in's que frequentei em São Paulo. Era o melhor lugar para um papo, um drink e um namoro, novo ou antigo. Lembro-me de dois que frequentei algumas vezes. Depois a cidade cresceu, ficaram decadentes e as áreas para estacionamento ( sempre grandes ) valorizaram e os cine drive-in' s fecharam. Mas acredite que ainda existe um em Brasília. Descobri no santo Google:
"Inaugurado em agosto de 1973 o Cine Drive-in de Brasília atualmente é um dos únicos no Brasil. Possui ótima localização, praticamente no centro da cidade de Brasília. É considerado o melhor equipado pois possui seus 15 mil metros quadrados de área asfaltada, capaz de acomodar 500 veículos em seu estacionamento; e uma tela de concreto medindo 312 metros quadrados, sua projeção com moderna lanterna xenon.
O Cine Drive-in vem se adaptando às novas tecnologias, como a instalação de uma torre de som, com uma estação de rádio FM para transmitir a gravação do filme em estéreo pelos rádios dos carros. Para os que não possuem som interno e só acender o farolete e solicitar o som.
Sua instalações sanitárias foram recentemente reformadas de modo a atender pessoas portadoras de deficiência física e sanitários especiais para crianças, ainda contando com uma garagem para facilitar o acesso aos deficientes e atender ao público em dias chuvosos."
E o texto de publicidade do drive-in de Brasília vai mais longe: " Se você é daqueles que adora comer, conversar, atender o telefone ou fumar no cinema, seu lugar é no Cine Drive-in. Lá, tudo pode. Pode namorar, pode levar o bebê no colo, o cachorro ou o papagaio, fumar, beber, conversar e ainda mais exige menos preparativos do que ir na esquina comprar pão, basta entrar no carro, de chinelo, de bermuda e mandar brasa."
Me deu saudade de um drive-in. Acontece que no meu tempo de rapaz não existiam TVs a cabo com dezena de filmes a disposição. E outro problema é que as vezes não se podia levar a moça na casa dos pais... nem dela, nem nos nossos! E aí o Cine Drive-in vinha a calhar.

30.10.13

NOVO ENCONTRO

Olavo Moraes Barros Neto esta muito empenhado na convocação e organização do segundo almoço dos ex colegas de Cataguases, dia 2 de Novembro. Desta vez com um número maior de participantes já contatados e confirmados, inclusive com gente vindo de Fortaleza, Rio, Minas e quiçá mais de onde.Faremos uma reportagem do evento.

Leitor do Manjar Branco

 
 
Eduardo, nunca ri tanto como nessa última refeição que fiz
o manjar branco
grato novamente
att.
Gustavo Alvarez Perez

Eduardo Longo em livro

olá pessoal
é numa sexta feira, mas se der pra ir, 
vou ficar muito feliz!
E
 

Crônica diária

Os clássicos não me atraem por excelência. Já li alguns na juventude, e me dei por satisfeito. É como revisitar museus. É preciso, é importante, mas prefiro galerias para ver arte contemporânea e procurar distinguir o bom, do resto, a boa arte, da mediocridade. Em literatura faço o mesmo, prefiro ler os novos e tentar apostar nos que se tornarão clássicos. Mas acabo de ler Joseph Conrad, e dele "No coração das Trevas". Cento e quarenta páginas de uma edição de bolso. Uma viagem feita por um marujo. Um marinheiro que virou escritor. Um escritor tardio que deixou um clássico da língua inglesa. Nem era a sua. Um livro que por tudo que encerra, deve ser lido. Uma obra impecável. Uma aula para quem pretende escrever. Escrever bem.
 
Postado por

29.10.13

Eric Yahnker



 Eric Yahnker

Crônica diária

O queijo tipo Gorgonzola, aquele de aparência azul esverdeado, de cheiro muito forte, e gosto característico, não pode faltar na nossa casa. Com ele é feito molhos, pastas, caldos para diversas receitas na cozinha. Esta semana fui a um super mercado em Imbituba, SC e entre outras pequenas compras peguei um Gorgonzola. Notei a embalagem  úmida porque estava no balcão refrigerado. Ao coloca-lo no carrinho meus dedos estavam irremediavelmente mal cheirosos. Paciência. Chegando no caixa a menina que me atendeu franziu a testa arrebitando o nariz por causa do mau odor. Eu apontei para o queijo e ela me perguntou: " O senhor vai levar assim mesmo"? Assim mesmo como? retruquei. " Estragado, ora"! Não esta estragado não, é o cheiro dele mesmo, e para comprovar minha assertiva pequei novamente o queijo e olhei, atentamente, a data de validade. Tudo em ordem. Ela fez cara de nojo, passou no leitor de barra, colocou-o num saquinho plástico, deu um forte nó, limpou os dedos e o balcão de inox com um paninho perfumado  e me achou maluco. Chegando em casa contei para a nossa cozinheira o ocorrido. " O senhor não soube da mulher do seu amigo que jogou um pedaço de Gorgonzola no lixo"? Como assim, Florinda? "Ela abriu a nossa geladeira, sentiu o forte aroma, descobriu o mofo no queijo e jogou no lixo. Quando entrei na cozinha ela com muito jeito, e aquele ar preocupado de enfermeira me disse: "você precisa tomar cuidado com os alimentos estragados na geladeira. Contaminam os outros." Risos.
 
Postado  por

28.10.13

MINHA BIOGRAFIA

 Acabo de editar um único exemplar de minha Biografia ( Hand book )

 Duas ultimas páginas

Crônica diária


Sábado na Estação - Contos

Li esta semana uma coletânea organizada pelo escritor Luiz Ruffato ( nascido em Cataguases ), cujo título é "Sábado na Estação". Participam jornalistas, escritores, e artistas plásticos que escrevem. Adelaide Amorim, Alexandre V. Schott, Angela Nabuco, Beatriz Castanheira, Jozias Benedicto, Lucia Valle, Manuel Aires, Maria Christina Monteiro de Castro, Marta Barcellos, Pedro Tebyriçá, e Victor Arruda são os autores de micro contos, contos, frases e aforismos. Alguns muito divertidos, outros muito bem construidos, todos muito bem escritos. Vale a pena conferir.

Comentários que valem um post

AMIGOS DE CATAGUASES

Estou pensando... que será difícil controlar a emoção e ansiedade até sábado próximo, (dia de finados). Quando seis no máximo dez (por enquanto) velhos amigos velhos, despidos de suas vitórias ou derrotas se encontrarão após meio século. Tropeçando em saudades escorregando em lembranças darão de cara com a juventude; falecida a muito tempo mas muito viva em suas memórias, guardadas em museu (onde o passado relevante e digno são preservados) - Afinal foi nesta juventude o ponto de partida da nossa trilha, onde cada um seguiu a sua estrada ...

Lamentável

FRASE DO DIA
O escritor não cria uma história. O biógrafo só narra uma historia que não é a dele. Ele passa a ser dono de uma história que não é a dele e isso não é certo.
Roberto Carlos

Um ídolo analfabeto. Uma pena.

27.10.13

Fotografia

Noturno - Outubro 2013

Crônica diária

Significado de Colofão

Como pude viver durante setenta anos sem nunca ter ouvido falar, nem muito menos lido, em canto algum, a palavra colofão? Garanto que meus cinco leitores diários também. Como sobrevivemos? Pois é, apesar de feia não quer dizer muita coisa. Descobri na ultima página de um livro do Conrad ( No coração das trevas ). Fui procurar saber o que significava:

"s.m. Inscrição relativa ao autor, lugar de publicação e data da edição de uma obra, que se colocava nos manuscritos medievais, e que os modernos puseram novamente em voga."
Será? Será que os modernos puseram em voga?

Postado por Eduardo P.L. no blog www.elunardelli.blogspot.com.br

26.10.13

Fotógrafo Marlous van der Sloot




 Marlous van der Sloot
Name: Marlous van der Sloot
Hometown: Amsterdam
Style of photography: conceptual/ contemporary
Type of camera(s): Digital
Website: www.marlousvandersloot.com
What gives you inspiration?

I am often inspired by a material, an object, a gesture… actually it can be anything. It is looking at things like you’ve never seen it before. Be amazed by it.
What are your influences?

Many things, but these two writers in particulair: Maurice Merleau-Ponty and Desmond Morris.

Why did you choose these photos?
 It are the most iconic pictures I did (so far)… They stay in your mind…they tell what I want to say… 
What does photography mean to you?

With photography you can play with perception. I love that. Cause the medium is so related to reality it distinct itself from other art forms. A painting can be anything, a photograph on the other hand is dependant on the world around it. You can play with that. To intervene in the reality, you can mislead, confuse and alienate…

Comentários que valem um post

Dia 02 de novembro, após 44 anos separados, vários amigos do Colégio de Cataguases(MG), irão se encontrar num almoço em São Paulo. Olavo de Moraes Barros, Eduardo Penteado Lunardelli, Zédgard Cunha Bueno, Antonio Fernando Carneiro Arnaud, João Paulo Flaifel, João Carlos Amaral, João Jorge Pieroni, Mauricio Chullam, e espero, alguns outros mais. Ainda não sei como mas não posso faltar. Teremos estórias para contar durante toda a noite e durante as várias garrafas que certamente aparecerão. Choraremos os faltosos, e relembraremos os ausentes. Quero abraçar e beijar todos eles, várias vezes, antes que a noite se vá e o amanhecer se esgueire por entre as mesas, até à nossa, rodopie por sobre os pratos e escorregue nas lágrimas derramadas na toalha de linho, a esta hora toda molhada de alegria, e manchada da quase saudade de se saber que a separação virá, no próximo dia, e, quase todos, em razão do tempo, não mais aguentarão 40 anos para outro encontro desse. Estarei lá!

Crônica diária

Agora não é só a pobre Dilma que é bisbilhotada pelos Estado Unidos. Trinta e cinco personalidades mundiais entraram na lista. Entre elas a mulher mais poderosa madame Merkel, primeira ministra da Alemanha. Agora a lista ganhou peso e importância. Lá no Alvorada a Dilma deve estar comentando com seus assessores: " Pimenta no olho do outro não arde", a respeito da pequena repercussão de seu discurso na ONU, onde denunciou o fato de ter sido espionada. Ninguém ligou. Mas que importância tem a pobre Dilma no contesto mundial? Agora não, Merkel é Merkel e o Obama vai se preocupar. Mas a culpa na verdade é nossa. Demos muita importância para os USA. Os Ingleses chegaram na América do Norte, montaram em seus cavalos e domaram de forma brutal os índios. Depois criaram o dólar, inventaram a Coca-Cola, Hollywood, e o McDonald’s e o mundo ficou aos seus pés. Eles não estão nem aí. Se acham os xerifes do mundo.

25.10.13

Sinal dos tempos


Crônica diária

Poderia ter dado o título, a esta crônica, de "Tive um sonho..." como a famosa frase do não menos famoso discurso do Martin Luther King. Mas preferi: "O futuro visível". E quem viver verá. A cerâmica que tem uma importância enorme na civilização, nos reserva para o futuro, outras impressionantes utilidades. Eu já possuo facas com laminas de cerâmica. Isso mesmo. E além de muito resistentes não perdem o fio. No Japão já fazem motores para veículos com  cerâmica. E não me surpreenderá o dia que os edifícios serão feitos de laminas de cerâmica, mais resistentes do que o aço, com peso menor do que uma placa de papelão. Produzidas industrialmente, com custos baixos, e com um material natural, farto e de fácil reciclagem. Essas chapas levíssimas e duríssimas serão presas em caixilhos do mesmo material. As aberturas das janelas serão preenchidas por um material transparente com toda a resistência de um vidro temperado, não passível de risco, acústico e com peso de acrílico. A terra, a areia e a argila voltam no futuro a serem a "salvação  da lavoura".
Postado há por

Comentários que valem um post

Li Ferreira Nhan deixou um novo comentário sobre a sua postagem "Crônica diária":

O petróleo é nosso e quem paga a conta é a Petrobras. Vamos ver a sua capacidade de responder a mais esse imenso desafio. Como sócia majoritária do consórcio terá de fazer o impossível para conciliar as atuais dificuldades/endividamento de caixa (obra e graça do governo petista) com essa nova participação a custos estratosféricos. Haja visto o despencar das suas ações na BV logo após o leilão.
É o PT arrastando mais um patrimônio brasileiro para a merda.

Postado por Li Ferreira Nhan no blog . em quinta-feira, 24 de outubro de 2013 00:15:00 BRST 
***************************************************************************************** 

24.10.13

Imbituba 1960 - esqui na areia



 Minha amiga e afilhada de casamento ( com Sérgio Mattos ) Stella M de Barros Rebecchi, me enviou essa imagem rara de Imbituba, numa data que eu nem imaginava vir morara aqui. A foto é de 1960 e só fui conhecer em 1999, portanto trinta e nove anos depois. Já não havia tantos siris. As dunas e a lua cheia continuam por lá.
"Essa foto é de minha mãe fazendo esqui na areia!  Em 1959/ 60 Chico e Lurdes Catão nos convidaram para as férias porque papai havia morrido  e eles estavam com dó de mamãe! Foram dias agradáveis e do que mais me lembro era da quantidade de siris que abarrotavam o caminhão FNM da salinas! E das dunas na lua cheia!"

Cerimonia de entrega do diploma de Poeta do bem, na APAE de São Paulo

Vinte e três participantes do concurso ( ao todo eram 1190 poemas inscritos ) sendo que 12 homens e 11 mulheres, contrariando o que Ferreira Gullar disse sobre os poetas na internet: "São na maioria mulheres"...! srsrs
O diretor da AphaGraphics e o autor do blog recebendo o Diploma e um exemplar do livro "Poesia todo dia". Foto do Evento, publicada  AQUI

Crônica diária


Diário da queda de Michel Laub

Depois de Maçã Envenenada li do mesmo autor "Diário da Queda". Gostei ainda mais. Firmou-se no meu conceito com um dos bons novos talentos da literatura brasileira contemporânea. História de pai para filho, humana sobre tudo. Judeus devem ler, e quem não é judeu com maior razão. Ficção ou não, construção literária de primeira qualidade. Recomendo firmemente.

23.10.13

RONALDO WERNECK

RONALDO WERNECK SERÁ O ESCRITOR HOMENAGEADO DO XXII CONGRESSO BRASILEIRO DE POESIA

                                                                        Foto Paula Canto

Em reunião da diretoria do Proyecto Cultural Sur/Brasil durante o XXI Congresso Brasileiro de Poesia, o escritor RONALDO WERNECK foi escolhido para ser o escritor homenageado da próxima edição do evento, a ser realizada entre os dias 6 e 11 de outubro de 2014.

Mineiro de Cataguases, o poeta e cronista Ronaldo Werneck tem sete livros de poemas publicados, sendo o mais recente cataminas pomba & outros rios (2012). Em 2009, publicou pela Artepaubrasil o livro de crônicas Há Controvérsias 1 e um ensaio biográfico sobre Humberto Mauro, um dos pioneiros do cinema nacional: Kiryrí Rendáua Toribóca Opé – humbertoMAURO revisto POR ronaldoWERNECK. Em 2011, lançou Há Controvérsias 2, o segundo volume de suas crônicas. O poeta acredita que o poema, qualquer poema, é para ser lido & relido, & de novo relido & lido, agora & a toda hora. E sempre.

Por do sol

Fotografia ( Piacaba) 2013

Comentários que valem um post

Marilia Nerva Parabens, Eduardo! Vc e extraordinario; concordo com vc.

Henrique B. Larroudé Como dizia Margaret Thatcher: "O socialismo acaba quando acaba o dinheiro dos outros."
*******************************************************

Crônica diária

"Pano para a manga" é o mais fácil delas. Falo das expressões que ninguém sabe exatamente como, e porque, começaram a ser usadas. Neste caso o pano era suficiente para cortar e montar uma camisa com manga. Deu trabalho. " Deu pano para manga". Mas há outra que é " Falar pelos cotovelos". Por que não pelo punho ou pelos joelhos? E muitas outras, porém a que mais me intriga é " Tomar chá de cadeira". Claro que não se refere ao ato de se fazer chá com elas, mas de deixar uma pessoa sentada muito tempo. Será que para designar uma longa espera as pessoas se valiam da imagem do chá servido para que alguém aguardasse? Vai saber? E termino essa pequena relação de uma infindável lista com "Levar tábua". Completamente em desuso por conta que os homens não tiram mais as donzelas para uma contra dança. E dessa expressão não tenho ideia da origem. Se forçar muito podemos admitir que tenha nascido da brincadeira da dança com a vassoura, (quando o cabo ainsa era de madeira) onde os casais eram desfeitos quando a moça recebia, de outra, uma vassoura, e assim sucessivamente até a música acabar. Micava quem com a vassoura ficasse, e sem seu par. Mas como disse, é forçar muito a barra. ( "Micar" vem do jogo de baralho que havia uma carta com um mico, e "forçar a barra", é exagerar).
 
Postado por

22.10.13

Escultura: soldado estuprando mulher grávida

Moscou: escultura de soldado soviético estuprando mulher causa indignação

A escultura chama-se "Komm Frau" (Venha Cá, Mulher, em tradução livre)
Foto: AFP
Um artista polonês instalou sem autorização em Gdansk (norte da Polônia) uma escultura de um soldado soviético estuprando uma mulher grávida, o que provocou reações indignadas de Moscou.

O embaixador russo em Varsóvia declarou-se consternado, em um declaração oficial no site da embaixada.

A escultura, que foi colocada junto a um monumento da época comunista em homenagem ao exército vermelho que expulsou os alemães de Gdansk em 1945, foi retirada algumas horas depois.

"Estou profundamente consternado pela atitude de um estudante de Belas Artes de Gdansk, que, com sua pseudoarte, insultou a memória dos mais de 600.000 soldados soviéticos mortos pela liberdade e independência da Polônia", escreveu Alexandre Alekseev, embaixador russo em Varsóvia.

A promotoria de Gdansk vai decidir se o artista que fez a escultura será procesado por "incitação ao ódio racial ou nacional".

O estudante de Belas Artes, citado pelo canal privado TVN24, disse que sua intenção foi protestar contra a presença no centro de Gdansk de um monumento em homenagem ao exército soviético.
Fonte: Terra

Vigia

Fotografia ( Praia do Luz) 2013

Comentários que valem um post

Li Ferreira Nhan deixou um novo comentário sobre a sua postagem "Crônica diária":

O que precisa ser feito é rever e agilizar os processos de indenização.
Parece que o pau que bate em Chico não é o mesmo que bate em Francisco.

Postado por Li Ferreira Nhan no blog . em segunda-feira, 21 de outubro de 2013 14:14:00 BRST 
*************************************************************************** 

Crônica diária

"O petróleo é nosso" e os estatutos do PSB

Seria cômico se não fosse trágico observar o (des) governo do PT fazendo um leilão para exploração do pré-sal, onde a maioria absoluta dos participantes são empresas e governos estrangeiros. Não que eu seja contra empresas estrangeiras, ou até uma estatal chinesa metidos nisso. Não sou contra porque sempre fui a favor. O capital não importa de onde venha, será sempre bem vindo ao país que procura se desenvolver. A culpa de excessos ou desvios que esse capital possa provocar não cabe a ele em si, mas às leis do país onde é aplicado. Por essa razão sempre defendi o capital como forma de alavancar desenvolvimento, emprego, progresso. O PT era, e as esquerdas em geral também eram, e são, sistematicamente, contra. Acontece que no poder os partidos e os políticos mudam seus discursos. O PT mudou. O petróleo para ser nosso precisa do capital deles. Essa sempre foi a verdade. E o que tem o estatuto do PSB ( Marina- Eduardo Campos) a ver com isso? Quando declarei abertamente minha simpatia pela candidatura do Eduardo e Marina, pelo PSB, meu leitor André perguntou se eu havia lido os estatutos do partido. Estatutos elaborados nos idos de 80 do século passado. Estatutos mais severos e fechados que a constituição chinesa. Estatutos que se postos em prática o Brasil seria o país mais socialista do planeta. Respondi ao André que na política brasileira pouco importa partido e seus estatutos. São letra morta. O que vale são as aparências e discursos dos candidatos, muitas vezes em total desacordo com tais estatutos e ideários. As aparências enganam e os discursos depois de eleitos mudam, para o bem ou para o mal. Dessa forma não me preocupa o estatuto do PSB. Quero conhecer os projetos e propostas da dupla Marina - Eduardo. Quanto aos desmandos e incongruências do PT nem vou mais perder meu tempo. Aliás essa gente já era. Essa gente e os que acreditam que o "Petróleo é nosso."

Postado por Eduardo P.L.

A frase

"Uma pequena e ingênua censura é a fissura que pode fazer romper a barragem da democracia".
Eduardo P.L.

21.10.13

Porque o BRASIL não corre perigo

Esta imagem dos noticiários da baderna que alguns mascarados, e outros nem tanto, estão fazendo neste exato momento, em frente a um Hotel no Rio de Janeiro, onde esta acontecendo o primeiro leilão do petróleo do pré-sal, nos dá conta que apesar de seis feridos (até este momento) um forte, fortíssimo esquema de segurança, com milhares de soldados, ruas interditadas, e barcos do exército junto a praia, a linda carioca registra calmamente o esquema de segurança do leilão de Libra. Por essa razão é que nenhum movimento popular, nenhuma manifestação reivindicatória tem maiores consequências ou credibilidade. O brasileiro não esta nem aí! Brasil, 21/10/2013 às 12:30 horas

Urubus

Fotografia (Ibiraquera) Outubro 2013

BANKSY em NY

 
Como quase todos  sabem o artista plástico inglês mais importante no mundo das artes no momento se chama Banksy. Isto é, assina Banksy, mas ninguém sabe seu nome, sua identidade. Seu rosto continua sendo um mistério, assim como, e quando, uma nova obra sua vai aparecer nas ruas das principais capitais do mundo. Ele esta desde  primeiro de Outubro fazendo uma obra por dia na cidade de Nova York. Já foram 21 e faltam 20. Uma surpresa diária. Este vídeo acima foi a obra do dia 19. Outra que mexeu com os colecionadores de arte foi a barraquinha no Central Park no ultimo dia 13, onde havia a possibilidade de se comprar um Banksy original por 60 dólares. Isso mesmo, uma tela do artista que vale no mercado no mínimo $130 000,00. Quatro pessoas compraram. Não sabiam o que estavam comprando. Compraram para decorar o quarto dos  filhos, seus apartamentos, sem terem ideia de que estavam levando para casa obras de arte desse valor. Ganharam na loteria. O Varal mostrou aqui. dia 16 pp. Veja a série completa AQUI

Comentários que valem um post

lis deixou um novo comentário sobre a sua postagem "PAPAGAIO MUDO by Gustavo Alvarez Perez":

Adorei essa prosa Eduardo
Voce é tudo isso e mais um pouquinho.
Saudade daquelas blogagens coletivas que nos envolvíamos tanto e nos unia também,
voce deixou essa saudade.
um grande abraço
Postado por lis no blog . em domingo, 20 de outubro de 2013 02:23:00 BRST 
**************************************************************************** 

 

Jorge Pinheiro deixou um novo comentário sobre a sua postagem "PAPAGAIO MUDO by Gustavo Alvarez Perez":

Mais uma excelente entrevista. Parabéns ao Gustavo. Quanto Eduardo, mais uma vez releva a sabedoria que acumulou. Um abraço.

Postado por Jorge Pinheiro no blog . em domingo, 20 de outubro de 2013 08:30:00 BRST 
***************************************************************************** 

A Arte de Escrever

Próximo dia 09 de Novembro de 2013 - Sábado
A Arte de Escrever, Publicar e Comercializar o Produto LivroEscola do Escritor
Vamos desvendar os "mistérios" que envolvem o mundo do livro. Assuntos: Formatos e Curiosidades. Registro de Direito Autoral, ISBN, Ficha Catalográfica e Depósito Legal. Contratos. Como funciona o mercado editorial. Distribuição, comercialização e divulgação do produto livro. O processo de criação. Escolhendo um tema e o público-alvo de uma obra. Identificando oportunidades. Preparação de originais e os cuidados necessários para uma publicação. Leitura Crítica e Agenciamento Literário. O livro comercial e o l ivro independente. Etapas de uma produção: edição, revisão e liberação. Lançamento, divulgação e Noite de Autógrafos.
Dia: 09 de novembro de 2013 - Sábado
Horário: das 9h00 às 16h30 - 1 hora de intervalo
Preço Único: R$ 165,00
Docentes: João Scortecci e Maria Esther Mendes Perfetti
Sala de aula:
Rua Dep. Lacerda Franco, 253
CEP 05418-000 - Bairro de Pinheiros, São Paulo, SP
Metro Faria Lima - Saída Teodoro Sampaio
Maria Esther Mendes Perfetti - Graduada em Biblioteconomia e pós-graduada em Gerência de Sistemas e Serviços de Informação. Seu primeiro contato com os livros e alunos veio com o trabalho em biblioteca escolar no colégio Rainha da Paz de 1976 a dezembro de 1990, em Sã o Paulo. De fevereiro de 1991 a junho de 2005 coordenou o Centro de Documentação da Editora Scipione do Grupo Abril Educação e atuou junto ao Departamento Editorial selecionando e encaminhando originais de livros para análise. É editora do portal Parceiros do Livro, Diretora da J&M Consultoria de Negócios com Livros e Coordenadora da Escola do Escritor. É coautora do Guia do Profissional do Livro - Informações importantes para quem quer escrever e publicar um livro.
João Scortecci - Escritor, Editor, Gráfico e Livreiro. Diretor-Presidente do Grupo Editorial Scortecci. Foi conselheiro da CNIC, Lei Rouanet, do Ministério da Cultura, de 1997 até 2006. Diretor-Adjunto e Vice-Presidente da Câmara Brasileira do Livro, em três gestões. Membro do GEDIGI da Abigraf e docente da Escola do Escritor, desde 2003. Consultor e Palestrante em negócios com Livros. É editor do Portal Amigos do Livro e coautor do livro Guia do Profissional do Livro - Informações importantes para quem quer escrever e publicar um livro.

Escola do Escritor
escoladoescritor@escoladoescritor.com.br
www.escoladoescritor.com.br

Crônica diária

Costumo dizer quando não há fatos relevantes os irrelevantes ganham destaque. As manchetes e o assunto das principais revistas semanais, e programas de TV, versaram sobre o ridículo assunto:" biografias não autorizadas e censura". Esta claro que qualquer proibição de um biografado fere gravemente o direito do escritor, editora e leitor conhecer as versões dos fatos. A isso se dá o nome de censura. Quatro dos maiores ídolos populares brasileiros, defensores de todas as liberdades, agora se juntam para censurar o ato de uma pessoa ser biografada, sem sua explicita autorização. Isso é censura, nua e crua. Quando eram censurados em suas letras e músicas, Chico, Caetano, Roberto Carlos e Gil eram contra qualquer tipo de censura. Famosos, ricos, e poderosos são a favor dela, no caso de biografias. Todos os cidadãos são iguais perante a lei. Há leis que permitem que pessoas que se sintam prejudicadas moral ou materialmente, por conta de injurias, ou inverdades, recorram à justiça. Entre essas possibilidades esta a do biografado, ou  famílias, para reivindicarem seus direitos. Nada mais do que isso. Por essa razão não cabe toda essa celeuma sobre o assunto. Quem tem fama, popularidade, e vida pública,  goza de suas benesses, mas deve arcar com os ônus.
Postado por

20.10.13

Minha porta

Fotografia ( Piacaba ) 2013

POESIA TODO DIA

Crônica diária

Acabo de ler " Estive em Lisboa e lembrei de você" do escritor mineiro Luiz Ruffato. Tinha muita curiosidade por tratar-se de um intelectual de Cataguases. Outra curiosidade era saber como havia se saído na tentativa de escrever como se fala em Minas. Mia Couto, eu já escrevi, não logra êxito, lido aqui no Brasil, escrevendo  como falam na sua terra. Regionalismos levados ao exagero não são de fácil leitura, logo não agradam aos leitores que buscam distração, divertimento. Podem até servir de matéria de estudo literário, mas são indigestos. " O fluxo poderoso da prosa" do Luiz fica no âmbito da experimentação, infelizmente.
 
Postado   por

Comentários que valem um post



Gaspar de Jesus deixou um novo comentário sobre a sua postagem "PAPAGAIO MUDO by Gustavo Alvarez Perez":

Mais do que um POETA, o Amigo Eduardo é um HOMEM DO BEM ! Daí que o Diploma lhe assente como uma luva.
Parabéns
G.J.

Postado por Gaspar de Jesus no blog . em sábado, 19 de outubro de 2013 10:19:00 BRT 
******************************************************************************** 
  João Menéres deixou um novo comentário sobre a sua postagem "Crônica diária":

O Eduardo é um SÁBIO !
Bastou começar esta CRÓNICA DIÁRIA com a frase :
"NADA DO QUE VOU DIZER AQUI É NOVIDADE", para logo eu saber que ia ler TUDO !
E , na verdade, tudo o que escreve acerca do conhecimento de duas pessoas não pode ser mais verdadeiro !
Não referiu ( mas subentende-se ) que a mesa é outro lugar onde se logo se conhece a pessoa.
Se não tem maneiras, se não sabe colocar os talheres, se leva a boca ao prato, em vez de levar a comida à boca,. se sabe limpar a boca com o guardanapo, etc., etc...
Como não estamos a falar de sexo, nem de jogo de cartas, passo por cima destes dois fundamentais aspectos.
Sabemos do que falamos, não é Eduardo ?

Aquele fraterno abraço que já atravessou o Atlântico.

Postado por João Menéres no blog . em sábado, 19 de outubro de 2013 16:34:00 BRT 
**************************************************************************************** 

AS POSTAGENS ANTERIORES ESTÃO NO ARQUIVO AÍ NO LADINHO >>>>>

.

Only select images that you have confirmed that you have the license to use.

Falaram do Varal:

"...o Varal de Ideias é uma referência de como um blog deve ser ." Agnnes

(Caminhos e Atalhos, no mundo dos blogs)

..."parabéns pelo teu exemplo de como realmente se faz um blog...ou melhor tantos e sempre outstandings...".
(Vi Leardi )

Leiam também:

Leiam também:
Click na imagem para conhecer

varal no twitter

Não vá perder sua hora....

Blog não é tudo, tudo é a falta do blog ....
( Peri S.C. adaptando uma frase do Millôr )
" BLOG É A MAIOR DAS VERTIGENS DA SUBJETIVIDADE " - Maria Elisa Guimarães, MEG ( Sub-rosa )