30.9.13

Caio Fernando Abreu


Bonita e merecida homenagem que o Hemocentro em Porto Alregre prestou ao jornalista e escritor Caio Fernando Abreu. Tomei conhecimento da literatura do CaioF através de sua biografia publicada por Paula Dip. A imagem acima foi divulgada pelo meu amigo, e do CaioF, Mauro Castro. Ao lado foto do Caio.

Crônica diária

Éramos todos jovens, estávamos no ano de 1963 quando houve o ultimo Congresso Nacional da UDN ( partido que  caracterizou-se pela defesa do liberalismo clássico, moralidade, e pela forte oposição ao populismo.) Foi em Curitiba e como Secretário político do presidente do partido, Deputado Hebert Levy, me coube a tarefa de dirigir uma Kombi, emprestada,  para levar a delegação da Bahia para o Congresso. O chefe da delegação era um médico e Deputado Federal pouco conhecido nacionalmente naquela época chamado Antonio Carlos Magalhães. Antes da abertura do Congresso numa reunião na casa de um deputado paranaense tive a oportunidade de participar da reunião de líderes estudantis com o Governador Carlos Lacerda, que faria horas mais tarde um pronunciamento aceitando ser o candidato do partido à Presidência da República. Nesse encontro ousei dizer ao Governador "que todo comunista era um complexado, recalcado e que deveríamos aceitar a "pecha" de reacionários e dizer a quem era dirigida essa reação". Ele ouviu  minha argumentação, mas não teceu comentários. Durante sua fala, horas depois, disse com todas as letras, e com muito maior brilho e profundidade as minhas ponderações. Pra mim foi a glória. Receber os cumprimentos dos jovens que testemunharam a reunião me levou aos píncaros. Isso foi há cinquenta anos passados. Eu tinha dezenove e a maioria dos meus leitores não haviam nascido. Continuo achando a mesma coisa. Comunista, que hoje esta fora de moda, em desuso, e que preferem ser chamados de socialistas, por conta do total fracasso de suas teses e teorias ideológicas e políticas, são recalcados e complexados. Ser jovem e de esquerda, idealista, ainda se pode compreender. Mas gente com mais de 30 anos e insistir nessa bobagem socialista é falta de inteligência, recalque, complexo ou má fé. Digo isso porque fico indignado com dois ou três amigos que já estão passando da meia idade e continuam petistas. Continuam defendendo o Lula, Dilma, Zé Dirceu, José Genuíno e congêneres. São intelectuais, jornalistas, artistas e petistas. Como classifica-los? Ma fé não, porque não recebem nenhuma das bolsas desse governo. Pelo menos que eu saiba. Então restam duas opções: complexo ou recalque. Mas como não sou psicólogo deixo o diagnóstico para quem tem mais competência e saber.
Postado por

Série cadeiras

tumblr

Comentários que valem um post

João Menéres deixou um novo comentário sobre a sua postagem "Crônica diária":

Que CRÓNICA ,Eduardo !
Muito bem escrita ( não é de espantar ) e cheia de verdade !

Postado por João Menéres no blog . em domingo, 29 de setembro de 2013 08:27:00 BRT 
***********************************************************************************

Henrique B. Larroudé 
 Isso é apenas o analfabetismo absoluto. É muito pior quando lembramos que o analfabetismo funcional atinge 75% dos brasileiros acima dos 15 anos - algo como 120 milhões de pessoas que são incapazes de ler e compreender um parágrafo de 5 linhas. 

************************************************************** 
Silvares deixou um novo comentário sobre a sua postagem "Crônica diária":

Quando o dinheiro escasseia a cultura sofre o 1º corte. A educação sofre o 2º. Quando a inteligência escasseia corta-se a torto e a direito, cegamente. Quando há dinheiro e não se investe em educação... isso não sei o que é. Estupidez? Desorganização? Estupidez desorganizada? Desorganização estúpida?

Postado por Silvares no blog . em domingo, 29 de setembro de 2013 15:05:00 BRT  

*************************************************************** 

29.9.13

LODICO

MAURO CASTRO esta lendo Agudas e crônicas

Mauro Taxitramas Castro :   Leitura para o fim de semana.
E você já leu? 

Crônica diária



Analfabetismo no Brasil

"Depois de 15 anos, taxa de analfabetismo volta a crescer no Brasil". Poderíamos ter uma notícia pior do que esta? Que a educação no país é muito ruim, todos sabemos, mas que o índice de analfabetos tem aumentado é terrível. Desalentador. Não se pode esperar um futuro melhor para o Brasil se não se cuidar da educação. Não se pode ficar contando com petróleo a duzentas léguas no mar. Não se pode perder um minuto sem investir prioritariamente na educação. A saúde e a economia são importantíssimos, mas sem educação nunca teremos um povo saudável e minimamente rico. A maior das riquezas pessoais que um indivíduo pode ter nesta vida é a educação. Todo o resto é consequência direta dela. A qualidade do voto, e a qualidade dos políticos, por ele eleito, estão diretamente relacionados. De nada vai adiantar transporte, infraestrutura, e um povo semi alfabeto. Ou se cuida de aprimorar a educação média, e tornar este país livre de analfabetos, ou nunca poderemos almejar um lugar de destaque no concerto mundial. A China, a Índia e a Rússia ocuparão esse espaço, sem chances, para o velho e promissor país do futuro, que o  governo  do PT insiste em  atrasar, inviabilizar, analfabetizar.

Comentários que valem um post

Mena G deixou um novo comentário sobre a sua postagem "PLAQUETAS NO NÍVEL MÍNIMO NORMAL":

Ora aqui estão boas notícias! E nada se perdeu com a sua troca...

Postado por Mena G no blog . em sábado, 28 de setembro de 2013 11:30:00 BRT

****************************************************************************** 


 Roberto Coimbra de Andrade 
 Recebi o meu (pelo que novamente agradeço, Eduardo Penteado Lunardelli. Já comecei a leitura... um destaque: sobre o racismo no Brasil em que concordo com o autor, trata-se muito mais de uma diferença brutal de rendas do que de raças...Muito bom!!!
Paraty, RJ



Foto ao lado: Mauro Castro, leitor de Porto Alegre 



************************************************************************ 

28.9.13

PLAQUETAS NO NÍVEL MÍNIMO NORMAL

Falência Medular - 100 x 100 cm - Nov/Dez 2010 - Acrílica sobre tela
Com este post quero compartilhar com meus leitores e amigos a nova marca das minhas plaquetas.
Para quem não sabe desde o início de 2010 fui diagnosticado com uma grave mielodisplasia, ou disfunção da medula. Na época estava com 17000 plaquetas e o mínimo normal é de 150000. Ontem fiz os exames de rotina para retirada dos medicamentos no SUS e fui surpreendido positivamente com 151 000 plaquetas. Oba! Estou no nível da normalidade. Meus médicos estão de parabéns. Essa doença não tem cura, e o transplante da medula é, na minha idade, de alto risco.Vamos continuar cuidando dela. Terei mais um tempo para continuar escrevendo. Troquei a pintura ( proibida pelos médicos ) pela literatura e estou muito feliz. Vocês vão ter que me aguentar por mais um tempo.

Crônica diária

Claro que é tudo futurologia. Estamos a mais de um ano das eleições. Tudo ainda pode, e certamente irá acontecer. Fazer previsões são arriscadíssimas. Dilma sobe nas pesquisas e já esta 22 pontos a frente da segunda colocada Marina Silva, que não esta conseguindo legalizar sua Rede. Sairá por outro partido? Mas dificilmente conseguirá aglutinar as oposições. Estas, as oposições, fracas, desorganizadas, sem propostas, sem ideário,  sem foco irão certamente naufragar no primeiro e segundo turno. Contra quem? Contra Dilma, e se ela bobear, contra o Lula que esta prontinho para mais essa disputa. Quem serão seus opositores? Além da incerta, mas provável Marina, o Serra pode vir a ser candidato. Eduardo Campos é candidatíssimo, a meu ver o melhor quadro das oposições, mas sem penetração nacional para um embate como esse que será travado em 2014. Talvez seja o nome forte para 2018. Esta muito longe. E o Aécio? Pois é, onde anda o Mineiro? Dois novos partidos no mercado, muita troca troca na véspera do prazo limite, e muito do mesmo no cenário político partidário do país. E falando em sumidos onde anda o enxameamento das ruas? Não tenho bola de cristal, mas algo me diz que teremos a Dilma, até, num primeiro turno. Duvidam?
 
Postado  por

Comentários que valem um post

Li Ferreira Nhan deixou um novo comentário sobre a sua postagem "Crônica diária":

Edu vc já assistiu a série "Amores Expressos" no canal de tv Arte 1 (115 na net)?
É sobre escritores brasileiros (atuais) e o processo da escrita, que aceitaram um desafio de escrever uma história de amor (acho) em uma determinada capital do mundo. Pra isso eles ficaram vivendo um mês sózinhos nestas capitais com a função de escrever/desenvolver/buscar inspiraçåo para a tal história que tem que ser ambientada na capital que ele está. Já assisti Lisboa, Berlin, Praga, São Paulo, Xangai, Cairo... Além de conhecer os escritores, ver um outro lado destas cidades , está sendo muito bom ver o processo de criação/escrita de cada autor. Pensei mto em vc assistindo esta série. Se interessar, ainda está reprisando. bjs.

Postado por Li Ferreira Nhan no blog . em sexta-feira, 27 de setembro de 2013 10:49:00 BRT 
******************************************************************************************* 

27.9.13

Ben Barretto

 




 
Buttoned down art in series 'Snap Painting' 

by Ben Barretto

Comentários que valem um post

João Menéres disse...
Reconfirmadíssimo que o Eduardo é também um POETA !
Nósjá osabíamos.
Agora, todo o Brasil, e não só, toma oficialmente conhecimento !
Parabéns, meu amigo !!!

quinta-feira, 26 de setembro de 2013 05:05:00 BRT
Excluir

Crônica diária

Apoios lamentáveis, qualquer que tenham sido as causas. Primeiro o Caetano Veloso apoiando os Black Bloc, depois o Chico Buarque assinando a lista de desagravo ao deputado, ex-guerrilheiro e condenado pelo mensalão José Genuíno. Dois ídolos e artistas da minha geração fazendo papelão. Sejam quais forem suas intenções, suas razões, seus desejos. Um exemplo que ídolos responsáveis não devem e não podem dar. O que pensarão os jovens fãs desses dois consagrados artistas? Dois intelectuais. Dois formadores de opinião. Acharão que sair de preto, mascarados, quebrando tudo que virem pela frente, bancos, lojas, veículos, bens públicos e privados é normal? É recomendável? É justo? É válido? A troco de que? De que causa? E no caso do Chico, que mensagem quis passar? Apoiar um quadrilheiro corrupto só porque é mais pobre do que os outros safados? Qual é a mensagem?
Postado

26.9.13

Pé de moça

Com uma imagem da internet, uma referência ao meu blog PÉ DE MOÇA o mais sensual da blogosfera

Concurso POESIA TODO DIA

Em Março passado participei  com 1100 inscritos do Concurso Poesia Todo Dia da AlphaGraphis.
Só ontem fiquei sabendo que fui um dos escolhidos para figurar no livro.

Embargos Infringentes

"Pai, o que são Embargos Infringentes?
É o seguinte, imagine que  nossa casa seja um Tribunal e que qdo alguem erra, é julgado e todos podem votar! Por exemplo, o papai comete um deslize: É pego traindo sua mãe com 3 prostitutas. Eu irei a julgamento. Sua mãe, a mãe dela, o pai dela, sua irmã mais velha, você e seu irmão mais velho, votam pela minha condenação.
Meu pai, minha mãe, o Totó e a Mimi, votam pela minha absolvição.
Tá pai, mas aí você é condenado, não?
Sim, fui, aí é que entram os tais dos "Embargos Infringentes" meu filho. Como eu ganhei quatro votos a favor da minha absolvição, tenho direito a um novo julgamento.
Mas pai, no novo julgamento todos vão votar do mesmo jeito.
Não se eu tiver trocado a sua mãe, o pai dela e a mãe dela pelas três prostitutas."


Enviado por Cristina Rolim

Crônica diária

A perenidade do romance

Ao contrário da crônica que geralmente cuida do cotidiano, o gênero romance tem uma vida útil maior. Romances de séculos passados resistem ao tempo. As boas novelas também. Me refiro ao gênero literário e não as histórias em capítulos da TV. Tenho tentado o romance. Viram contos no máximo. Vou continuar tentando. Talvez seja meu temperamento inquieto que não me proporcione a devida calma e profundidade para explorar melhor as historias que invento. Vou continuar tentando. Quero ver se consigo escapar do convite fácil do romance policial. Não quero o romance amoroso, muito menos o que trata dos problemas familiares. Me sobra, talvez, o de aventura. Vou continuar tentando. Acabo de ler um autor jovem, gaúcho Michel Laub, autor de Maçã Envenenada. Uma boa lição de como tratar uma história.

Postado por Eduardo P.L. no blog www.elunardelli.blogspot.com.br

25.9.13

Folhas e flores


Detalhes do jardim da Piacaba - 2013 ( Primavera )

Crônica diária

Da mesma forma jocosa que se pode conhecer um bom vinho pelo fundo da garrafa, há formas de se conhecer um homem pelos sapatos que usa, ou uma mulher pela quantidade e qualidade do material usado na maquiagem. Um bom entendedor de vinhos não se preocupa com o fundo das garrafas, mas quem não é tão informado pode tirar conclusões importantes. O psicólogo formado e profissional na área não sei se leva em consideração esses dois detalhes: sapatos masculinos e material de maquiagem feminina. O fundo chato de uma garrafa informa que ela não foi soprada, e é barata. Os sapatos masculinos são o cartão de visita de qualquer homem. A quantidade de material de beleza que uma mulher leva na bolsa pode demonstrar muito mais que a cor de seus lábios, as sombras de seus olhos, ou o rosado de sua cútis. Mulheres sem maquiagem, cara lavada são as melhores pontuadas. Há que se levar em conta a idade. Nos três casos esses itens  demonstram o valor intrínseco do conteúdo. No caso do vinho, as garrafas sopradas e com fundo profundo ( coloque o polegar e veja quanto ele entra ) são de melhor qualidade, e portanto mais caros. No caso dos sapatos denotam: moda, gosto, educação, poder aquisitivo, refinamento, personalidade,  desleixo, preocupação, estilo de vida entre outras características. No caso das maquiagens refletem o espelho da alma.
Postado há por

Comentários que valem um post

 Sobre a crônica de ontem: Um novo exercício, segundo Cássio Penteado

 Paulo Henrique Giazzi Nassri delicia de texto .
 Guga Alayon ótimo
 Antonio P. D'Aquino Noronha Muito bom. Além de ser mais barato que paroxetina, sertralina, escitalopram, citalopram , fluoxetina...
************************************************************ 


  Li Ferreira Nhan deixou um novo comentário sobre a sua postagem "Comentários que valem um post":

"O língua malvada" ! Não há nada de errado.

Agora mesmo li o "jumengar".
Obrigada Edu, adorei Agudas & Crônicas. Chegou ontem. Estou relendo algumas e outras me são novas.
Entre uma linha e outra dou minhas "dormilidinhas"!
bjs

Postado por Li Ferreira Nhan no blog . em terça-feira, 24 de setembro de 2013 13:35:00 BRT

24.9.13

Sino

Sino na porta - Piacaba -  2013

Novos ângulos



Piacaba vista por novos ângulos - 2013

Crônica diária

Concordando com o meu querido leitor Cássio Penteado que disse que o que faço nas minhas crônicas diárias é um exercício consentido de voyeurismo, vou contar o que faço quando estou meio deprimido. Trata-se de um ritual que tem me ajudado. Não sei se funciona com todo mundo. Nem sei se todo mundo tem momentos de leve depressão. Não tomo nenhum remédio contra isso. Vou ao banheiro, que no meu caso é de azulejos brancos com uma bancada de mármore branco e uma pia da mesma cor (apesar de dizerem que branco não é cor). Um ambiente bem iluminado. Me posto na frente da bacia num gestual de rito. Com movimentos lentos e precisos abro o registro de água fria. O simples fato desse gesto proporcionar um jorro d´água é milagroso. Pense nisso. Quanta engenharia, canos, reservatórios, estão embutidos e contidos nesse acontecimento. Coloco as mãos sob a água corrente, pego o sabonete ao lado, e esfrego as mãos uma nas outras com ele entre elas, e volto a depositar o sabão no suporte lateral. Respiro profundamente e seguro o ar por alguns segundos. Mais uma ou duas ensaboadas e enxaguadas nas mãos com água corrente. Faço mais uma ou duas vezes até tirar toda a espuma. Fecho o registro. Enxugo as mãos em toalha seca. Um ato tão simples e corriqueiro como esse me dá uma sensação de bem estar enorme. Saio do lavabo com o espírito renovado. O bem estar e o equilíbrio espiritual esta em nós mesmos. É preciso saber usar os meios externos para acioná-lo. Esse ritual de lavar as mãos pode ser um deles. Experimente.
Postado há por

Comentários que valem um post


Passageiro

passatempo
passamores
passarinho
passaligeiro

quem passou
pelavida
plantado
sorrisos
colherá
eterna
lembrança
de sua passagem

pelegrina
passageira
depassagem
pelavida 

Anônimo deixou um novo comentário sobre a sua postagem "CONCURSO NACIONAL NOVOS POETAS":

Até que o poeminha mesmo cambaleando ia se salvando, não fosse a tropeçada numa "pelegrina" doutros mundos.

Eu, a anônima Peregrina dessa Terra Brasilis


Postado por Anônimo no blog . em domingo, 22 de setembro de 2013 16:00:00 BRT
***********************************************************************************

MANJAR BRANCO e UM NOVO CASO

Graças ao trabalho de divulgação do escritor e amigo MAURO CASTRO ( Taxitramas, Porto Alegre) o Manjar Branco já chegou a Alagoas ( AQUI )

23.9.13

Piacaba

Cena caseira pela manhã. 2013

Comentários que valem um post




Chad deixou um novo comentário sobre a sua postagem "PAPA FRANCISCO":

This is awesome!

Postado por Chad no blog VITIMA DA QUINTA em 22 de setembro de 2013 02:32 
**********************************************************************************


 
Cassio Penteado mencionou você em um comentário.
Cassio escreveu: "Como dizem, Eduardo Lunardelli, noticia eh quando o homem morde o cachorro e nao ao contrario rs. As fraquezas tem mais charme. Abraços"


Crônica diária

O que Mário Quintana, Lya Luft, Érico e Luís Fernando Verissimo, Martha Medeiros, Fabrício Carpinejar, Moacyr Scliar e Caio Fernando Abreu têm em comum? São escritores e todos gaúchos. Por que será que o Rio Grande do Sul é tão fértil em bons escritores? Haverá região ou estado brasileiro que tenha entre sua população um número proporcional tão grande de literatos? Não tenho essa informação. Sempre desconfio de estatísticas. Mas uma coisa é certa, há regiões cujos talentos para determinada coisa são mais notórios. O Rio Grande do Sul sem dúvida dá o melhor vinho e a melhor literatura do país. O vinho se sabe o por que. Resta uma boa explicação para tantos bons poetas e escritores. Acabo de ler A Maçã Envenenada de Michel Laub e não posso deixar de lembrar da literatura do Caio Fernando Abreu. De tanto ler essa gente falando de Porto Alegre já caminho por suas ruas e avenidas como se nelas tivesse vivido. São bairristas, mas fazem com graça e humor. Sabem amar e vender suas cidades e tradições. São ótimos escritores. São universais.
Postado por

AGUDAS & CRÔNICAS





Índice onomástico

Aloísio de Almeida Prado______67, 137
Américo Marques da Costa_________151
Ana Luiza Couto _____________36, 46, 47
Ana Maria Pedroso Nunes__________153
Beto Canales___________________________5, 32,
Beto Guerra, Carlos Alberto_ ___10, 254
Biloca Figueiredo________________________250
Boné, José Bonifácio Boné Ferreira_ __6,
99, 100, 244
Carlão, Luiz Carlos Sobral_____6, 72, 74
Cecília Rodrigues_______________________156
Célia Conrado________________________61, 62
Cesar Giobbi________________________________97
Claudia Abreu_____________________________36
Cristina Rolim____________________________351
Dan Fialdini___________________8, 155, 156
Diogo Mainarde_________________________177
Enio Squeft_ ___________________________7, 148
Estela Salles_ ___________________________________4
Fátima, M. de Fatima Lelis
Gonçalves_ _________________________________20
Fernando Stickel___________________________40
Gregório Gruber_________________________250
Guilherme Lunardelli_________________171
Heloisa Eugenia Levy Villela,
Kitinha____________________________________171
Henrique B. Larroudé_ ______160, 244,
254, 352
Humberto Werneck_____________________13
Israel Kislansky___________________146, 148
Jaime Moreira_____________________________173
João Menéres__________________________67, 71
Jorge Pinheiro_____________________137, 228
José Luiz Fernandes_ _____________13, 245
Lenita e Olivier Perroy________________238
Luis Bento____________________11, 308, 309
Madoka Hikari_____________________________77
Maria Aparecida Meirelles__________250
Maria Luiza Couto_____________________298
Maria Pessoa_______________________________229
Maria Tomaselli____________________55, 116
Marta Mello_______________________________153
Mauro Castro_____________________204, 230
Milton Ribeiro_ _____ 5, 16, 64, 214, 342
Paula Dip____ 10, 229, 233, 237, 239,
248, 268
Ricardo Ramos Filho__________________284
Ricardo, Blauth_ _____9, 225, 226, 238
Rômulo Fialdini_________________________156
Ronaldo Werneck________ 5, 44, 45, 97,
247, 350
Rui Silvares________ 4, 5, 11, 18, 20, 32,
46, 182, 243, 244, 302
Rui Sousa___________________________244, 351
Wania Victória_____________________________69
Zazá, do Val_______________________________363

Se seu nome não esta nessa lista ainda resta uma esperança de que seja um dos 275 nomes citados, nas 300 crônicas do livro AGUDAS e CRÔNICAS com 368 páginas.
Peça já o seu exemplar pelo e-mail epl.escrit@gmail.com  ou pelo telefone 11 30794433 -
Preço: R$ 28,00 com frete incluso para todo Brasil.  

AS POSTAGENS ANTERIORES ESTÃO NO ARQUIVO AÍ NO LADINHO >>>>>

.

Only select images that you have confirmed that you have the license to use.

Falaram do Varal:

"...o Varal de Ideias é uma referência de como um blog deve ser ." Agnnes

(Caminhos e Atalhos, no mundo dos blogs)

..."parabéns pelo teu exemplo de como realmente se faz um blog...ou melhor tantos e sempre outstandings...".
(Vi Leardi )

Leiam também:

Leiam também:
Click na imagem para conhecer

varal no twitter

Não vá perder sua hora....

Blog não é tudo, tudo é a falta do blog ....
( Peri S.C. adaptando uma frase do Millôr )
" BLOG É A MAIOR DAS VERTIGENS DA SUBJETIVIDADE " - Maria Elisa Guimarães, MEG ( Sub-rosa )