23.4.10

COMPULSÃO POR ARMAZENAGEM OU COLECIONISMO


A propósito de me terem chamado de portador do TOC, ou TRANSTORNO OBSESSIVO COMPULSIVO, ( veja AQUI postagem do Varal ) por colecionar pedras, resolvi estudar um pouco o assunto, que desconhecia inteiramente, apesar de ser um TOC típico, ou em potêncial. Mas não me refiro às PEDRAS, mas aos meus 50 e poucos blogs!!!! Será grave o meu caso?
INTRODUÇÃO

Sou ou não sou um portador do TOC? Eis uma pergunta que você pode ter se feito eventualmente. Provavelmente você ouviu em algum programa de rádio ou TV ou leu em alguma reportagem de jornal ou revista que lavar as mãos seguidamente, revisar várias vezes as portas, janelas ou o gás antes de deitar, não gostar de segurar-se no corrimão do ônibus, evitar usar as toalhas de mão utilizadas pelos demais membros da sua família, não conseguir tocar com a mão no trinco da porta de um banheiro público, ter medo de passar perto de cemitérios ou entrar numa funerária, de deixar um chinelo virado, assim como outros comportamentos semelhantes, podem, na verdade, constituir sintomas do chamado transtorno obsessivo-compulsivo ou TOC. E você deve ter ficado com dúvidas quanto a ser ou não um portador.
 Continua AQUI
 Vou fazer exames para ver se diagnostico as causas!

COMPULSÃO POR ARMAZENAGEM OU COLECIONISMO
A compulsão por armazenagem é um sintoma bem conhecido do TOC e é definida como a aquisição de e a dificuldade em descartar objetos que aparentemente não tem utilidade ou são de pouco valor. Os pacientes portadores do TOC se distinguem pela grande quantidade de coisas que guardam e pelo seu apego emocional a objetos, por terem uma enorme dificuldade em jogar fora ou no lixo objetos que a maioria das pessoas considera como absolutamente sem nenhuma utilidade. O argumento para não jogá-los no lixo é de que algum dia possam necessitar do objeto jogado fora, que ele possa fazer falta, ou que possa ter alguma utilidade no futuro, perdendo-se a noção do que é razoável. A impressão é de que eles têm um sentimento de segurança com os objetos armazenados. 
E você, o que acha disso

 Aguardando o resultado!
Além das PEDRAS, tem as conchas, e os blogs!!!

12 comentários:

tonhOliveira disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
tonhOliveira disse...



Eu TOCo
Tu não TOCas
Ele TOCa sozinho... Ahahah!

Em que TOCa nos metemos...

Até os inTOCáveis devem tê-lo!

TÔ Ca doença!

Gostei da imagem do LA↓DINHO
bateu a saudade de TOCar...
né Eduardo!


abraços são outros TOC's?

Quase Blog da Li disse...

Edu,
muito bem explicada e ilustrada (amei as fotos!) sua postagem!
Independente do resultado dos exames (rsrs), continuo afirmando que vc é portador do TOC.
E ótimo (para nós) que os blogs façam parte desse universo!

Quanto ao texto (no link anexo),
o item "7. Algumas regras simples para o descarte", não são simples!
De forma alguma!!!
E, se conseguimos realiza-las
e
passarmos para o item "8.Relaxe",
voltaremos, com certeza a praticar o TOC:
"no computador"(criando mais blogs),
ou
"planejando novos usos para o espaço liberado"(ocupar os espaços com novas tralhas!).
:)
A única coisa acertada desse item é: "em hipótese alguma abra os sacos de lixo ou caixas de descarte para revisar algum item".
CLARO!
JAMAIS!
Ou terei que lavar INFINITAMENTE as mãos!
;)
Beijo
li

expressodalinha disse...

Sou um TOC moderado. Revejo-me na lavagem sucessiva das mãos e cara. No resto, nem por isso e jogo coisas fora com facilidade. Embora outras nã. Mas isso já é selecção. Foi óptima a descrição... Aguardemos as análise.

angela disse...

Todo mundo tem algumas dessas coisas.
O diferencial é a angustia sentida se não realizar uma das manias, sem angustia é só mania, organização, gulodice, etc.

Maria Augusta disse...

Eduardo, teu TOCs pelos blogs acho que deve te trazer mais satisfação que angústia, não é mesmo? Pelo menos traz muita satisfação para teus leitores.
Eu tenho mania de guardar as coisas, não gosto de descartar nada, deve ser um TOC.
Abraços.

Fatima Cristina disse...

Oi Eduardo,

Eu também posso dizer que tenho vários TOCs... rsrsrs...
Mas com todos eles me sinto bem normal!

Beijos!

Anônimo disse...

Seu problema é claro: solidão.
Essa tua mulher só acompanha em viagens internacionais? Que casamento é esse? Fica clara sua carência. Daí desenvolver tantas manias. Daí querer tanta atenção. Isso fica óbvio.
Desculpe, é com carinho que falo isso pois fica explicita a questão.
Um amigo.

Quase Blog da Li disse...

Perdão Eduardo,
costumo evitar as polêmicas nos comentários,
mas carinho de "AmigA" como
"a AnônimA" acima é dispensável.

PELOAMORDEDEUS como tem gente chata, covarde, sem humor e Amor rondando por todo lado!

A inveja é uma merda.

Eduardo P.L disse...

Tonho,

Li,

Jorge,

Angela,

Maria Augusta,

Fátima,

Li,

a todos obrigado por comentarem!

Patrícia disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Patrícia disse...

Chaeguei a conclusão estes dias que para uma pessoa com TOC, tudo é angustiante. Ter que checar coisas sem sentido, ou repetir movimentos, entre outros hábitos, são um sofrimento para quem tem esta doença, mas ele tem que fazer! E por isso busca tratamento...

Mas e o que dizer do portador de colecionismo? Ah... para este tudo é seguro, seu mundo tá perfeito! Quem se incomoda mesmo é a família, que acaba morando no lixão. E o que fazer? Esta é minha pergunta da semana. Não tem como obrigar a um tratamento, e tratamento com remédios ou terapia não têm quase resposta alguma. E tentar sensibilizar o portador da doença é tarefa impossivel (tento há anos, sem sucesso). Agora entendo porque muita gente abandona estas pessoas...

Desculpe Eduardo, é só um desabafo.

AS POSTAGENS ANTERIORES ESTÃO NO ARQUIVO AÍ NO LADINHO >>>>>

.

Only select images that you have confirmed that you have the license to use.

Falaram do Varal:

"...o Varal de Ideias é uma referência de como um blog deve ser ." Agnnes

(Caminhos e Atalhos, no mundo dos blogs)

..."parabéns pelo teu exemplo de como realmente se faz um blog...ou melhor tantos e sempre outstandings...".
(Vi Leardi )

Leiam também:

Leiam também:
Click na imagem para conhecer

varal no twitter

Não vá perder sua hora....

Blog não é tudo, tudo é a falta do blog ....
( Peri S.C. adaptando uma frase do Millôr )
" BLOG É A MAIOR DAS VERTIGENS DA SUBJETIVIDADE " - Maria Elisa Guimarães, MEG ( Sub-rosa )