31.8.08

Blog Day 2008
Em tempo: HOJE é o DIA DO BLOG e o Drops foi homenageado pelo Mario Leal, do
APOIO FRATERNO e fizemos no DROPS AZUL ANISS a nossa participação comemorativa!

ESPANHA e seus monumentos


Espanha faz homenagem à Roma - 2008 - E.P.L.

VARAL DO DIA

VARAL DO DIA de Grace Olsson
UP-DATE
Este varal fica na rua principla da cidade sueca em que vivo. Me chamou a atenção e eu quis saber do porquê do tal varal.ESSE VARAL ÉSINAL DE QUE TODAS AS LOJAS DA RUA ESTÃO EM PROMOÇÃO. E TODOMUNDO QUE PASSA(ANDANDO, DE ÔNIBUS OU DE CASSO) IMPOSSÍVEL NÃOSE DEPARAR COM ELE E PARAR.O que sei é que um dos donos do estabelecimento me contou que a idéia tem dado certo.na mesma hora, eu fotografei e disse que tinha um blog no Brasil que falava de VARAL. Eu falei isso por queme lemrebi do Eduardo e tbm por que o homem queria saber o porquê da fotografia....kkkkk
beijos e dias felizes...http://www.flickr.com/graceolsson

"MEMÓRIA ANTROPOFÁGICA" de TITO OLIVEIRA



Fala, caro Eduardo?! Saudações!

O que proponho na "Memória Antropofágica", é o uso do gesto para a extinção do próprio gesto, utilizando o mesmo recurso de construção da imagem minimalista e seu sentido, para desfazer um conjunto de idéias e instituir outro. Devolvendo a unidade estética alcançada pela obra finalizada á unidade primordial onde ela tem a sua origem - os enquandrementos, a opacidade da luz e as repetidas posições, sutilmente alteradas, do elemento principal nas fotografias, apresenta isso. De modos diversos, a insinuação contida na série suscita respostas para "Como se dará sua continuidade" (para a execução da obra, se é possível executá-la), uma vez que o limite da expressão individual já fora atigindo e, sobretudo, codificado em um sistema. O elemento principal das fotografias, contextualizado, faz alusão a angustia de um ex combatente de guerra, de nome Staiger, que não coseguiu suprimir o canibalismo (simbolizado pelo arame farpado) de sua própria consciência, devido ao estigma por ele ter assassinado inúmeras pessoas. Seu reflexo é enunciado com a leitura dos livros que nunca havia lido, onde se depara com sua estúpidez e se torna apetecido por alucinações, por sua loucura.


Tito Oliveira
Artista Plástico e Fotógrafo 11 3628 3589 11 9256 1531

PETER HOWSON


Pintura - The Heroic Dosser, de Peter Howson
“The Heroic Dosser”, (1987), é o quadro mais famoso do pintor inglês Peter Howson. O artista tinha o hábito de retratar homens comuns em algum gesto dramático que pudesse os elevar a um status de herói. Um homem simples aparece na tela acima agarrando firmemente a grade como se fizesse aquilo para não ser arrastado pela imensa corrente de água que corre em torno dele.
Embora o homem esteja isolado, seu semblante mostra que ele está orgulhoso, forte e desafiador. Atrás dele aparece um prédio, na altura de seus ombros, o que pode sugerir que ele carrega um fardo.
Quando este quadro foi pintado, Howson tinha um estúdio em Glasgow, na Escócia, próximo a um albergue para os sem-abrigo. Howson fez a pintura de memória, baseado em um homem que ele viu nas proximidades. O quadro está exposto na The Scottish National Gallery of Modern Art, em Edinburgh. É a primeira de uma série de imagens de chamada de "dossers', algo como "sem-abrigo".
(Com colaboração de Catharina Mafra)
Noblat

FOTO DO PERFIL

e-mail no VARAL

Sobre a postagem de ontem sobre LUIS DE MORALES, Ruben Valle Santos nos ecreveu:
"Sou possuidor de um quadro que não há a certeza se é mesmo obra sua ou de um dos pintores da sua escola, Francisco Florez. Trata-se de um quadro a óleo sobre tela (razão por que me inclino mais para Francisco Florez do que para Morales) de que lhe vou enviar uma foto."

Obrigado Ruben. Foi um prazer conhecer sua tela, seja de Morales ou de Florez, uma boa pintura.

É HOJE


O varal do Fotoclube Candando.
Publicado por Claudio Versiani em fotografia
Domingo, dia 31 de agosto no Parque da Cidade. Estacionamento 10, próximo ao Lago dos Pedalinhos,ali em Brasília.

Humor no Varal

Junior Lopes

HUMOR NO VARAL - EXTRA -


"Cimitan é flagrado fazendo campanha!!"
Recebi do meu filho Guilherme, esta foto do candidato a Prefeito de São Paulo, comentando a semelhança física do Geraldo Alkimim e a minha pessoa! rsrsrs
Só rindo!

30.8.08

Espanha dos artistas e dos Monumentos!



BADAJOZ, Espanha dos pintores! Monumento LUIS E MORALES ! E.P.L.
UP-DATE
Viva, Eduardo!
"El Divino". O enorme pintor maneirista extremenho, de Badajoz, 1520-1586 (Extremadura espanhola, nós também temos a nossa Estremadura), que muitas obras deixou em Portugal, quando por cá andou, na década de 155O-1560. Em 1554 estava em Almeirim, Santarém, onde o rei Sebastião tinha a corte temporária.Morales tem obras suas espalhadas um pouco por todo o mundo. Para além das que foram pintadas em altares e são, pois, inamovíveis, há conhecimento de obras suas em S. Petersburg (Hermitage), Mineapollis, Boston, Oxford, Londres, Valência, Madrid, Buenos Aires, Florença, sei lá que mais.Tenho um apreço muito especial por Luiz de Morales. Sou possuidor de um quadro que não há a certeza se é mesmo obra sua ou de um dos pintores da sua escola, Francisco Florez. Trata-se de um quadro a óleo sobre tela (razão por que me inclino mais para Francisco Florez do que para Morales) de que lhe vou enviar uma foto. É um "Ecce Homo" ou "Jesus da cana verde", de que Morales pintou grande quantidade.Abraço e uma saudação muito especial por este post.
Ruben Valle Santos nos comentários deste post!
Voltaremos SEGUNDA FEIRA com a 5º parte do FOTOGRAFANDO É PRECISO.

VARAL DO DIA


Prieres - Maria Augusta

COLLEGIO DAS ARTES


PALESTRA dia 01 de setembro

Professor Sérgio Romagnolo

Pintura Contemporânea Internacional Hoje

A palestra procura fazer um apanhado sobre a pintura contemporânea internacional visando uma primeira tentativa de classificar a produção pictórica em grupos temáticos e conceituais com o objetivo de clarificar a visão sobre a arte de agora. Para tanto serão vistos artistas internacionais que possam de alguma maneira representar conceitos presentes em outras produções atuais.É importante ressaltar que essa palestra não pretende esgotar a arte contemporânea, mas sim organizar uma breve visão sobre essa produção.


Breve Currículo

Exposições individuais:

2004: Casa Triângulo, São Paulo, Brasil 2002: Centro Cultural São Paulo, Brasil. 2001: Centro Universitário Maria Antonia, São Paulo, Brasil. 2000: Museu de Arte Contemporânea de Campinas, São Paulo, Brasil; Casa Triângulo, São Paulo, Brasil; Museu Alfredo Andersen, Curitiba, Brasil. 1998: Museu Brasileiro da Escultura, São Paulo, Brasil; Prefeitura Municipal de Santo André, Brasil; Casa do Olhar, Santo André, Brasil 1996: A Alma da Dobra, Casa Triângulo, São Paulo, Brasil. 1995: Sedução, Êxtase e Castigo, Paço Imperial, Rio de Janeiro, Brasil. 1994: Centro Cívico, Prefeitura Municipal de Jundiaí, Brasil. 1993: Galeria São Paulo, São Paulo, Brasil. 1990: Galeria São Paulo, São Paulo, Brasil; Passsárgada Arte Contemporânea, Recife, Brasil; Museu de Arte Contemporânea de Americana, São Paulo, Brasil; Sapatos e Flores, Centro Cultural São Paulo, São Paulo, Brasil.

Exposições coletivas:

2004: São Paulo 450 anos Arte em Diálogo, BMF, São Paulo, Brasil. 2003: 2080, Museu de Arte Moderna, São Paulo, Brasil. 2002: Coleção Metrópolis de Arte Contemporânea, Pinacoteca, São Paulo, Brasil; Bienal de Liverpool, Liverpool, Inglaterra; Fragmentos a seu Imã, Obras Primas do Museu de Arte de Brasília, Espaço Venâncio, Brasília, Brasil. 2001: O Espírito da Nossa Época, Museu de Arte Moderna, São Paulo, Brasil; Espelho Cego, Paço Imperial/RJ, Museu de Arte Moderna, São Paulo, Brasil; Caminhos da Forma, Galeria de Arte do SESI e MAC-USP, São Paulo, Brasil; A Figura na Arte Contemporânea, Espaço Museu de Arte Moderna, FGV, São Paulo, Brasil; Audi Eletromídia da Arte - V Exposição Virtual, Painéis Eletrónicos, São Paulo, Brasil. 2000: Ars Erótica: Sexo e Erotismo na Arte Brasileira, Museu de Arte Moderna, São Paulo, Brasil. 3ª Semana Fernando Furlanetto, São João da Boa Vista, Brasil.
Público-alvo: estudantes de arte, público em geralDia: 01 de setembro de 2008
Horário: segunda-feira, das 20:00 às 22:00 horasVagas: 30
Valor: R$ 50,00

Collegio das Artes
Rua Cônego Eugênio Leite, 273 - Pinheiros
(11) 3064-4740
cursos@collegiodasartes.art.br

DUAS PALAVRAS NO VARAL



Arte (o que é isso?)
A Arte é uma daquelas coisas que todos sabemos o que é mas não conseguimos explicar.
Como tal, um post sobre este assunto terá de ser um pouco longo, como o que se segue.
Não deixa de ser curioso que sejamos capazes de afirmar com um certo grau de certeza "isto não é Arte" perante um objecto que nos repugna plasticamente, mas já nos seja um pouco (ou muito) mais difícil explicar porquê. O mesmo se passa com aquilo que consideramos como Arte.
Importa tentar perceber o que é Arte? Primeiro que tudo poderemos partir do princípio que um objecto artístico, sendo produto de uma actividade humana, está dependente de um tempo e de um espaço. Esse objecto é um reflexo de um momento determinado na História e as suas características, formais (os aspectos relacionados com a técnica) e iconológicas (o que normalmente designamos por mensagem ou conteúdo), são matéria e produto dessa conjuntura espácio-temporal.
A História da Arte mostra-nos bem a evolução das formas e dos discursos artísticos ao longo dos tempos e o modo como a Arte foi um poderoso meio de propaganda. Mas, tal como as sociedades evoluíram e transformaram os seus paradigmas sociais e políticos, também a Arte se transformou. É lógico.
Mas, para tentar perceber afinal o que é (ou não é) Arte, temos de confiar essa missão em alguém. Quer dizer, nós, simples mortais, não temos a capacidade de decidir sobre a natureza artística de um objecto embora possamos formar uma opinião que, tal como disse aí mais atrás, acaba por ser intuitiva e pouco fundamentada. É do género "gosto disto" ou "não gosto disto" como se nos estivessemos a referir a um prato de bacalhau cozido. E a Arte não parece ser bem a mesma coisa que bacalhau cozido, embora por vezes se possam confundir.
Chegamos então a uma questão fundamental: quem é que sabe o que é Arte? Ou, quem valida a natureza artística de um objecto? Pois é, aqui é que a porca torce o rabo e o pessoal costuma começar a sacudir a água do capote. "Para mim é Arte" arriscamos por vezes "ou não acho que seja Arte" podemos afirmar com um encolher de ombros. Assumimos uma postura que nos desresponsabiliza. Não sendo nós peritos, podemos apenas dar uma opinião... intuitiva.
A História da Arte mostra-nos como essa validação foi passando de mãos ao longo dos séculos. Entidades religiosas, burgueses ricos ou Academias Reais de Belas Artes foram decidindo sobre a natureza da Arte. Forças de sinais contrários ou com raízes sociais diversas, todas tiveram , no entanto, uma coisa em comum: riqueza ou capacidade económica para encomendar e pagar o trabalho daqueles que hoje designamos por artistas. Em última análise poderemos considerar que é o valor comercial, a capacidade de angariar divisas que valida o objecto artístico.
Esta visão é demasiado redutora, dirão alguns, mas uma análise superficial do fenómeno permite-nos mantê-la com argumentos bastante sólidos. Esta perspectiva economicista sofreu um primeiro abalo com o Romantismo do século XIX quando os artistas se assumiram como tal e reclamaram liberdade criativa fora das esferas de poder habituais. As revoluções liberais retiraram muita da capacidade económica e política às forças religiosas tradicionais. O crescimento do sentimento Democrático fez que, como seria de esperar, também se democratizasse a perspectiva que temos sobre a produção artística.
Quando Marcel Duchamp criou os seus ready-mades, provocou uma transformação radical nos mecanismos que validam a natureza artística dos objectos. É paradigmático que a sua "Fonte" (o célebre urinol) seja consensualmente considerada a mais importante obra de arte de século XX. Não porque seja uma exibição de cpacidades técnicas supreendentes ou mesmo um objecto que possamos considerar belo, mas porque transferiu a capacidade de validar a Arte para o comum dos mortais, para o observador ocasional, que, neste universo criativo, é chamado a tomar uma posição perante aquilo que observa.
A Arte Contemporânea responsabiliza o próprio observador na construção do objecto artístico que apenas se completa através da sua leitura pessoal e particular. Todos sabemos que, no mundo actual, a crítica de arte publicada nos jornais e nas revistas da especialidade carimba e certifica definitivamente a natureza de um objecto. Mas isso serve principalmente para atrair os tais gajos com poder e capacidade económica para investir na compra dos objectos. Daí que seja difícil compreender como pode um sapo verde pregado numa cruz valer mais do que uma tela da Ju, como foi notado num comentário ao post anterior.
Concluindo, numa sociedade democrática contemporânea, os indivíduos são considerados responsáveis pelos seus actos. A igreja já não tem o direito de nos condenar por blasfemarmos ou simplesmente porque lhe desagradamos, como aconteceu ao longo da Idade das Trevas. Isso é assim na esfera da nossa vida quotidiana e também no campo da Arte. Daí que o triste episódio do sapo verde seja apenas mais um tique intolerante de uma igreja que ainda não percebeu em definitivo qual é o seu verdadeiro lugar no mundo actual. A perspectiva que a Igreja tem da arte não é altruísta nem desinteressada, tradicionalmente vê-a como uma ferramenta de propaganda e divulgação.
Deixem o sapo em paz. Aquilo é Arte! Ou não?
RUI SILVARES

Uma escultura de Picasso? Ou uma múmia de 700 anos?



Múmia de 700 a.C. é retirada de túmulo no Peru
Uma múmia foi retirada por arqueólogos peruanos de um túmulo nas ruínas de Huaca Pucllana, no Peru.
Acredita-se que a múmia fazia parte da antiga cultura Wari, que existiu antes dos Incas.
Além da múmia de uma mulher, havia no túmulo os restos de dois outros adultos e uma criança.
Este é o primeiro túmulo Wari intacto descoberto em Huaca Pucllana, na capital Lima, e pesquisadores acreditam que ele date de 700 a.C.
Inspirado nas máscaras africanas Picasso desenhou e pintou figuras muito próximas do que a 700 anos a cultura Wari já fazia, com outros fins, no Peru.

CALBUR



Conheça a pintura de CALBUR aqui

FOTO DO PERFIL

HUMOR no VARAL

Verde

29.8.08

FOTOGRAFAR É PRECISO 4º parte

FOTOGRAFAR É PRECISO 4º




Alhambras - Granada - Espanha EPL - 2008 -

VARAL DO DIA


SELMA ANTUNES - Portugal - Aqui vão mais varais engraçados.

GRAFITE & GALERIA MÔNICA FILGUEIRAS

Na rua BELA CINTRA esquina com FRANCA, você encontra este grafite. Siga a flecha>.....
............e chegará na Galeria de arte Mônica Filgueiras.
Ela te espreita da janela, com seu fiel cão!
...............e o mesmo gajo da grafite da esquina>
...............te sinaliza que você chegou!

Grafites nas paredes externas, na parte lateral do estacionamento.

.............e outra frontal, na fachada da galeria.
Fotos E.P.L. - Agosto 2008 -

ESCULTURAS DE LEGO


Reino Unido - Funcionária de Galeria Hayward, de Londres, observa busto do cantor Freddie Mercury, da banda Queen, feito com peças de Lego.
A peça faz parte de uma coleção de 100 obras compradas na Internet com um orçamento de R$ 14,8 mil, que está em exposição no local.
Terra

FOTO DO PERFIL

e-mail no VARAL

"CIRCUITO DE FOTOGRAFIA 2008" em Comunidade do Blog de Luis Nassif!
11 September 2008 às 18 a 14
September 2008 às 21
Local: 9º andar do Shopping Iguagemi
Organizado por: SP ARTE
Descrição do evento:15 galerias de arte apresentando trabalhos de fotógrafos como ClaudioEdinger, Thomaz Farkas, Claudia Jaguaribe, José Manuel Ballester,Mario Cravo Neto, Miguel Rio Branco, Dimitri Lee e muitos outros! Nãopercam!Ver mais detalhes e RSVP em Comunidade do Blog de Luis Nassif
CONVITE enviado por Valter Ferraz
******************************************************************************
Eduardo,

Regressado de férias no campo envio mais um conto. Aproveito e mando, igualmente à consignação, uns varais de Festas na Aldeia.
Abraço,
JORGE FERREIRA PINHEIRO
Jorge, as imagens dos VARAIS vão ao longo dos meses para o Varal do Dia, e esta que é um VARÃO DE CORTINA fica por aqui....
Obrigado e continue a nos mandar fotos e textos. São sempre muito bem vindos!

HUMOR NO VARAL


Maria João ( Ex-Sulista ) nos enviou de Bruxelas! Sereias em lata!

28.8.08

porque hoje é quinta!
Cuidado, você poderá ser a próxima!

AS POSTAGENS ANTERIORES ESTÃO NO ARQUIVO AÍ NO LADINHO >>>>>

.

Only select images that you have confirmed that you have the license to use.

Falaram do Varal:

"...o Varal de Ideias é uma referência de como um blog deve ser ." Agnnes

(Caminhos e Atalhos, no mundo dos blogs)

..."parabéns pelo teu exemplo de como realmente se faz um blog...ou melhor tantos e sempre outstandings...".
(Vi Leardi )

Leiam também:

Leiam também:
Click na imagem para conhecer

varal no twitter

Não vá perder sua hora....

Blog não é tudo, tudo é a falta do blog ....
( Peri S.C. adaptando uma frase do Millôr )
" BLOG É A MAIOR DAS VERTIGENS DA SUBJETIVIDADE " - Maria Elisa Guimarães, MEG ( Sub-rosa )